Relíquia de São Benedito

  • Em SOBRE
  • 3966 Visualizações
 .

Voltando ao tempo … estamos em maio de 2005, Pe. Edvaldo Manoel de Araújo, Missionário Redentorista, que depois de morar 7 anos em Roma estava de volta ao Brasil. Era grande o desejo de nossa Paróquia ter uma relíquia de São Benedito. Solicitado, Pe. Edvaldo conseguiu contactar religiosas que trabalhavam com relíquias no Vaticano e conseguiu uma relíquia deste Santo tão querido no Vale do Paraíba. Junho do mesmo ano, em uma audiência com o Papa Bento XVI, Pe. Darci Niciolli e o Arcebispo D. Raymundo Damasceno foram à Roma, e trouxeram a relíquia, fragmentos de ossos de São Benedito.

Dia 9 de agosto foi o dia da chegada oficial da relíquia na Igreja de São Benedito. Com uma grande procissão saindo da Matriz Basílica, o relicário foi conduzido pelo pároco, vigário, presidentes da Irmandade de São Benedito, ex-reis, reis atuais e coordenadores da comunidade. Sinos anunciando … a procissão prosseguia com Guardiões de São Benedito, Mantenas da Cavalaria, Grupo Afro-brasileiro Namíbia, Irmandade de São Benedito e uma multidão de devotos. Ao chegar na Igreja de São Benedito houve a Celebração Eucarística com muitos paroquianos que vieram acolher e participar deste momento Histórico na Igreja de São Benedito!

Relíquia

Origem Etimológica latim: relíquia, restos.

Relíquia: Um objeto associado a um santo, ou com uma pessoa considerada santo porém que ainda não foi canonizada.

As Relíquias podem ser de três graus:

1º. Grau: Um fragmento do corpo do Santo.

2º. Grau: Um fragmento de sua roupa ou de algo que o santo usava durante sua vida (rosário, Bíblia, cruz, etc.). Também objetos associados com o sofrimento de um mártir.

3º. Grau: Qualquer objeto que tenha sido tocado a uma relíquia de primeiro grau ou a tumba de um santo.

Deixe um Comentário